segunda-feira, 16 de agosto de 2010

SECRETÁRIO JORGE SOLLA E PREFEITO TARCÍZIO PIMENTA VISITAM UNIDADE NESTA TERÇA



A visita ao HRC faz parte da relação institucional mantida entre o Governo Municipal e o Governo do Estado (Foto: Williany Brito)



O secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla, vem, nesta terça-feira (17), à Feira de Santana para discutir sobre a abertura do Hospital Regional da Criança com o secretário de Saúde, Rafael Pinto Cordeiro. A visita à nova unidade de saúde terá início às 9 horas. Quem participa, também, do encontro é o prefeito Tarcízio Pimenta e diretores das unidades de saúde pública locais
O objetivo do encontro é dar continuidade às discussões (iniciadas na última quinta-feira, 12, em Salvador) sobre a nova realidade dos serviços de saúde na cidade por conta da chegada da nova unidade. O funcionamento do Hospital da Criança vai provocar alterações inclusive na rede pública municipal de atendimento pediátrico, obstétrico e de urgência e emergência voltados para o público infantil. A visita ao HRC faz parte da relação institucional mantida entre o Governo Municipal e o Governo do Estado.
A unidade, prestes a se inaugurada, vai contar com uma unidade pediátrica, leitos de UTI, e semi-UTI e atenderá especialidades, como: cirurgia geral, pneumologia, clínica pediátrica e unidade de queimados infantil. O Hospital foi construído às margens da avenida Eduardo Fróes da Motta (Anel de Contorno), vizinho ao Hospital Regional Clériston Andrade. O investimento foi cerca de 50 milhões de reais.
Além do Hospital Regional da Criança, o prefeito Tarcízio Pimenta acompanha o secretário Jorge Solla durante visita ao Hospital da Mulher e ao Centro de Oncologia.


Por Williany Brito
Matéria publicada no portal
Acorda Cidade no dia 16.08.2010)

1 comentários:

Ministério da saúde disse...

Não conseguiu vacinar seu filho? A vacina contra a paralisia infantil ainda está disponível em toda a rede pública do país. Vá ao posto de saúde mais próximo e imunize todas as crianças menores de cinco anos. A poliomielite é uma doença grave e não existe no Brasil desde 1989. Vamos ajudar a mantê-la longe das nossas casas!

Mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude

Postar um comentário